segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

A Peleja do Pernilongo com Sapo-Boi (infantil).




Sapo-boi fez que foi e não foi
e acabou indo.
Tempo suficiente para pernilongo ficar atento.

Se sapo-boi quisesse mesmo
tinha engolido pernilongo com a sua enorme língua.

Mas os dois vacilaram...

Pernilongo viu o perigo:
pensou... pensou... e pulou nas costas de sapo-boi.

Sapo-boi sentiu a picada...
Assustado pulou no lago.
Pernilongo ia morrer afogado?

Ah ele sentiu o perigo
e antes de sapo-boi mergulhar
voou para um abrigo.




Do livro Palavras de Amor - Pagina 75 - 2011.

12 comentários:

  1. Excelente! Gostei muito mas penso que as crianças menores vão gostar muito mais. Parabéns. Tião irmão do Enes

    ResponderExcluir
  2. Nossa Stan****, que graça - vou ler para o Cacá, minha criança eternamente, adorei, beijos

    ResponderExcluir
  3. Precisamos mesmo de história de crianças.
    Ser adulto as vezes é muito chato!
    Parabens amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neide, alegria vê-la por aqui. Volte mais vezes.

      Excluir
  4. Temos que sentir o perigo em nossa vida poeta e voar para bem longe .
    Beijo em seu coração.

    ResponderExcluir
  5. Sempre é muito bom te ler poeta amei esse texto voltei a ser criança.
    Beijo em seu coração ,sucesso sempre.
    Maria
    Luiza...

    ResponderExcluir