sexta-feira, 8 de julho de 2016

nudez




Vê-la nua corpo em chamas
Lábios e boca abertos ao beijo
Contorcendo desejos sobre a cama...

Doce menina sedenta de prazer
Mulher plena em plenilúnio
Etílico corrompendo meu ser...

Navegarei em teu dorso como quiseres
Eu marinheiro de versos e mares
Serei teu guia se tu me guiares
Por esses labirintos quereres
[seios pênis clitóris orgasmos]
Subir contigo aos ares
Depois quedarmo-nos
Em diversos marasmos.




O poema acima está em meu último livro Estrelas (poesias), que junto com a Moça do Violoncelo (contos de mistério e suspense) formam dois livros em um, com duas capas, orelhas e papel laminado, 4x4 cores, 176 páginas, que pode ser adquirido, fazendo contato com o autor. Custa R$25,00. Sem mais despesas.

14 comentários:

  1. oi amigo adorei versos contundentes e leves ao mesmo tempo
    bjsdiet

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Elaene, prazer tê-la aqui, lendo meus rabiscos. Volte sempre. Abraço.

      Excluir
  2. Parabéns pelo belo poema sensual, repleto de ternura, amigo Estanislau! Um abraço! Angela Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pela leitura. Sua presença me honra. Seja sempre bem-vinda. Abraço.

      Excluir
  3. Um quê de sensualismo,traduzindo a beleza do ato do amor. Linda poesia, nobre poeta. Adorável. Um lindo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Eneida, amiga e parceira de letras. Bem-vinda, abraço.

      Excluir
  4. Um conjunto de prazeres...tão bom. Beijo querido! Junya

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Juny, pela leitura, que me estimula. Abraço.

      Excluir
  5. Olá poeta amigo,que bela obra,estou encantada com esses belos versos .

    ResponderExcluir
  6. Versos envolventes, poeta Estanislau,adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, leitora amiga Leia. Seja sempre bem-vinda. Abraço.

      Excluir
  7. Uau,um poema que estimula o desejo,e o prazer.

    ResponderExcluir
  8. Sua leitura ilumina minha página. Obrigado.

    ResponderExcluir