sábado, 4 de outubro de 2014

O caso da menina feiticeira





          Dizem que lá pras bandas do corgo fundo,numa noite dum céu cheim de istrela nasceu uma minina muito,muito,mais muiiiiito bunita mesmo,e bem na horinha dela chorá,um raio rasgô o céu de cabu a rabu,e a escuridão tomô conta di tudu.O zóio dela era azulin ,que arripiava a gente quando oiava,paricia qui ela consiguia vê dentro da gente,ieu nem mirava nela di medu d'ela vê o que nem ieu sabia que tinha...A minina cresceu,Zefina ainda inté benzeu ela uma vez,pegô guiné i arruda,feiz uma troxinha,meteu na água benta do São Geraldo,uma que ela pegoô lá na igreja no dia da festa do santo,e rispingo na menina,Zefina feiz o sinal da cruz treis veis e do zóio saiu lágrima,num sei se di medu ou se ela viu o feitiço da menina,mais disse bem alto_Simbora coisa ruim!!!!Também num sei se ela mando imbora a minina ou o trem que tava com ela...Só sei que ela  saiu correnu em disparada e só ficava trancada no quarto,indeus deste dia ninguém mais miro aqueles zói da cor do céu.Os anos passaram e a "coisinha"virô moça e enfeitiçava todus home bunito da região.Era mutivo de discórdia em todas casas,a danada era "o bicho".Mas eu cá que sô macaco veio,nem oio pra ela,causdequê ela pode inté me prendê dentro dos oio dela.


Regina Sorriso

Regina escreve no Recanto das Letras, entre outros gêneros, o caipira.

11 comentários:

  1. Uma graça de texto do nosso lado caipira. Gosto de que preserva nossos costumes, nossas tradições. Parabéns escritora Regina
    Obrigada Stan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Regina tem bons textos em linguagem caipira, Olynda.

      Excluir
  2. Oi J.Estanislau filho, você escreve muito bem e eu sou sua fã. Eu amei esse conto, mas não acredito que o seu moço não caiu no encanto desses olhos azuis...kkk Abraços meu querido e parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Neide, esta história foi escrita por Regina Rodrigues. Abraço e obrigado pela visita.

      Excluir
  3. Obrigada por compartilhar meu querido. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre um prazer divulgar a poesia e seus autores, Regina.

      Excluir
  4. Obrigado Neide, pelo comentário. Este texto é de autoria da talentosa Regina Sorriso. Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Regina em texto regionalista com bela produção verbal, parabéns Stan e Regina! beijos aos amigos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Regina é uma ótima escritora, Luiza. Obrigado pela presença.

      Excluir