quinta-feira, 11 de setembro de 2014

SETEMBRO





Quero mar amar e sorrir
Não quero a vida por um triz
Quero ver a luz refletir
Em setembro serei feliz

A primavera esplendorosa
Me conduzirá pelas mãos
E uma força misteriosa
Que faz nascer da terra o grão

Com um sorriso d' outro mundo
Espalhará cores diversas
Nas dores humanas dispersas

E no intervalo d' um segundo
Os belos sonhos que ora lembro
Realizaram-se em setembro.

J Estanislau Filho

Soneto do livro Todos os Dias são Úteis - Edição do Autor - Esgotado.

5 comentários:

  1. poema todo especial "realizaram-se em setembro...", amei poeta amigo

    ResponderExcluir
  2. poesia de caixa ala pra ir pro exterior de tão linda, amigo José... beijos da amiga que é sua fã

    ResponderExcluir
  3. 'Os belos sonhos que ora lembro
    Realizaram -se em setembro.
    Profético,poético.meu sonho acalentado e desacreditado, realizou-se em setembro lindamente,poeticamente!

    ResponderExcluir